Projeto Mattics no Massachusetts Institute of Technology / EUA

O Mattics foi um dos vencedores do PRÊMIO APRENDIZAGEM CRIATIVA/2017

Desafio Aprendizagem Criativa Brasil é uma iniciativa da Fundação Lemann e do MIT Media Lab que visa fomentar a implementação de soluções inovadoras – novas tecnologias, produtos e serviços – que ajudem a tornar a educação brasileira mais mão na massa, significativa, colaborativa e lúdica. O Desafio também tem como objetivo identificar, conectar e apoiar indivíduos brasileiros – artistas, pesquisadores, educadores, desenvolvedores de tecnologia, empreendedores e tomadores de decisão – que possam ter um papel-chave no avanço de práticas de Aprendizagem Criativa, especialmente no que se refere a projetos mão na massa envolvendo programação e construção no mundo físico, em escolas públicas (de Educação Infantil ao Ensino Médio) e ambientes de aprendizagem não formais de todo o Brasil.

Após a avaliação de 189 propostas, a Fundação Lemann e o MIT Media Lab, dos Estados Unidos, anunciam nesta quinta-feira (2) que 10 brasileiros ligados a oito projetos vão receber a Creative Learning Fellowship, uma bolsa oferecida pelo Desafio Aprendizagem Criativa Brasil 2017. A iniciativa busca fomentar novas tecnologias, produtos e serviços que tornem a educação brasileira mais significativa para o aluno, fazendo com que ele aprenda com a mão na massa, como mostrou o Especial Educação Mão na Massa desenvolvido pelo Porvir.

O processo de seleção envolveu 20 avaliadores independentes e mais uma equipe da Lemann e do MIT. As propostas foram avaliadas a partir de critérios de relevância, viabilidade, potencial de impacto, diversidade geográfica, e inovação. O MATTICS FOI UM DOS VENCEDORES! Confira melhor a reportagem de divulgação do resultado:

http://porvir.org/desafio-de-aprendizagem-criativa-anuncia-selecao-de-8-projetos-brasileiros/

Greiton Toledo de Azevedo, professor de Matemática em Goiás, conheceu o Lifelong Kindergarten (LLK), um departamento do MIT, nos Estados Unidos, que recebe pós-graduandos e pesquisadores engajados em desenvolver tecnologias que incentivam as pessoas a criar e aprender.

O espaço do LLK foi organizado para incentivar a criatividade. Você vai ver que, muito além de disponibilizar equipamentos tecnológicos para o trabalho da equipe, o departamento investe em materiais simples, como Lego, papéis e tecidos.

O QUE VOCÊ FARIA SE SUA DE AULA FOSSE UM ESPAÇO COMO ESSE?

Acompanhe a entrevista com o professor Greiton:

Um espaço perfeito para a criatividade

NOVA ESCOLA no MIT Media LabGreiton Toledo de Azevedo, professor de Matemática em Goiás, conheceu o Lifelong Kindergarten (LLK), um departamento do MIT, nos Estados Unidos, que recebe pós-graduandos e pesquisadores engajados em desenvolver tecnologias que incentivam as pessoas a criar e aprender.O espaço do LLK foi organizado para incentivar a criatividade. Você vai ver que, muito além de disponibilizar equipamentos tecnológicos para o trabalho da equipe, o departamento investe em materiais simples, como Lego, papéis e tecidos.O QUE VOCÊ FARIA SE SUA DE AULA FOSSE UM ESPAÇO COMO ESSE?

Posted by Nova Escola on Wednesday, May 3, 2017

 

FONTE: NOVA ESCOLA

 

About Author

Related posts

Matemática Social – quando games transformam saberes

Um estúdio de games, dentro de uma escola pública, onde crianças e adolescentes produzem jogos, por meio do desenvolvimento do pensamento matemático. A construção do conhecimento de programação, robótica, e ainda assim a criação de possíveis soluções locais para a comunidade. A estrutura do saber contextualizado, do trabalho em...

Read More

A Matemática por trás dos games

Diante do desafio do criar jogos digitais de forma colaborativa, a turma foi incentivada pelo professor Greiton Toledo a pensar e a expressar suas ideias matemáticas Compartilhar Salvar Por: Estudantes do projeto Matemática e games? Eis a questão! Cheios de orgulho, os alunos da EM Irmã Catarina apresentam sua...

Read More

Mattics descomplica o raciocínio matemático por meio de games

“Escola não é treinamento, escola é formação”, declarou Greiton Toledo de Azevedo ao falar sobre o Mattics, projeto que desenvolve com seus alunos na Escola Municipal Irmã Catarina Jardim Miranda, em Goiás. O professor defende que o modelo sistemático como a Matemática é ensinada nas escolas não é muito interessante para...

Read More

Give a Reply